Vitória dos caminhoneiros: Criação de piso mínimo para frete é aprovada pela Comissão de Viação e Transportes

Notícia publicada em 12/12/2016 às 17:44 -
Geral

A Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (7) o Projeto de Lei  528/2015, que cria um piso nacional mínimo para o valor do frete.

O presidente da CNTTL, Paulo João Estausia, o Paulinho, comemorou essa vitória e reforça que essa medida vai garantir condições dignas aos caminhoneiros. 

“Esta é uma das principais reivindicações dos debates no Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas do Ministério dos Transportes (TRC). O caminhoneiro hoje trabalha abaixo do valor técnico, gasta muito por quilometro rodado e ainda ganha muito mal. A criação do piso evitará a exploração do trabalho.”, explica.

O transportador autônomo de cargas e também membro do TRC, Carlos Alberto Litti Dahmer, destaca que a criação do piso nacional  garantirá a sobrevivência de milhares de  caminhoneiros.

“Assim como o salário mínimo hoje é uma referência, também buscamos um valor mínimo de frete que ajudará uma demanda de mais 300 mil caminhões, que trabalham hoje abaixo do valor do frete, ou seja, abaixo do custo, sendo impossível de se sobreviver. A aprovação do PL 528  vai regular e tabelar o mercado para que não haja exploração”, relata.

O projeto agora segue para aprovação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).



Original: http://cnttl.org.br/noticia/7088/vitoria-dos-caminhoneiros-criacao-de-piso-minimo-para-frete-e-aprovada-pela-comissao-de-viacao-e-tra#
Siga-nos no Facebook: facebook.com/cnttl.cut
Assessoria de Imprensa: Mídia Consulte Comunicação Criativa & Marketing

Notícias Relacionadas


Ação contra Sinditac

Na última sexta-feira dia 29/11, foi julgado pelo Juizado Especial Cível de Ijui, uma ação indenizatória intentada por um produtor de leite de Pejuçara, em face do Sinditac de Ij...


Serviços para o filiado